Província Frei Bartolomeu de Las Casas 

 > Província 

No Brasil a Ordem está presente há mais de um século

A primeira fundação foi dos Dominicanos franceses da Província de Toulouse, em Uberaba, no Triângulo Mineiro em 1881, com o intento de atender às populações do interior de Minas e de Goiás, Formosa, Porto Nacional e realizar a missão junto aos índios do Araguaia entrando já no Pará, pela fundação de Conceição do Araguaia, por frei Gil Vilanova. Deste grupo foi criada a Província de Santo Tomás, com várias comunidades espalhadas nos estados de Minas Gerais, Antigo estado de Goiás, São Paulo e Rio de Janeiro.

 

A segunda fundação foi em 1936 no interior de São Paulo, por iniciativa dos Dominicanos italianos da Província de Lombardia. A nova fundação cresceu rapidamente e se constituiu no Vicariato Santa Catarina de Sena, com casas nos estados do Paraná, São Paulo e Goiás.

 

Terceira e última foi a fundação dos Dominicanos da Província de Malta, a partir de 1961 com o Vicariato São Martinho de Lima no estado do Paraná.

 

Atualmente os Dominicanos no Brasil estão reunidos na ‘Província Frei Bartolomeu de Las Casas’. Las Casas: o grande discípulo de São Domingos, trabalhou em defesa dos direitos dos Índios no tempo da colonização espanhola na América Latina.

 

Hoje, os dominicanos estão engajados nas formas mais variadas de anuncio da Palavra: pregação itinerante, ensino nos Centros de estudos eclesiásticos, nas Universidades, no ensino e formação pastoral das paróquias e capelas das cidades e do interior, centros de cultura cristã, animação de CEBs, presença junto aos pobres nas favelas e bairros das periferias, pregação nos meios de comunicação social, publicações, jornalismo, defesa dos direitos humanos, presença nas cadeias, organização de centros sociais de atendimento aos mais carentes, luta pela Justiça e Paz.

ls.png
predelle_edited_edited.jpg

Ordem dos Pregadores

"Contemplar e levar aos outros o contemplado"

STh II-II, q. 188, a. 6, r.